Olá a todos

Quem é você? Esta zona serve para quem queira dar-se a conhecer, apresentar-se, dizer se é surdo ou ouvinte, qual a ligação que tem com a população surda, dizer o que quiser sobre si.

Moderador: frolas

Olá a todos

Mensagempor JORGE » 30 mar 2008, 15:08

Olá a todos os que frequentam este espaço ,queria saudar de uma forma especial quem criou este espaço ,pois fazendo uma comparaçâo com outros espaços na net este parece-me mais interessante pois possibilita uma maior (troca)informaçâo e espero tambem que seja um espaço onde a comunidade surda ( e nâo só) apareça em força.
Passo a apresentar-me ,chamo-me Jorge sou ouvinte e estou a frequentar um curso lingua gestual portuguesa .
O contacto que tenho tido nos ultimos meses com alguns membros desta comunidade tem sido para mim muito enriquecedor é meu desejo poder de alguma forma contribuir para a diminuiçâo das barreiras da comunicaçâo com as quais os surdos sâo confrontados diariamente .
Desejo sinceramente que este espaço possa ser um ponto de encontro entre a comunidade surda e tambem uma ponte entre essa comunidade e os ouvintes para que enquanto membros de uma mesma sociedade possam contribuir para que haja uma verdadeira inclusâo e seja realmente gostoso de viver a vida neste nosso Portugal...

jorge henriques
Avatar do Utilizador
JORGE
Participante
Participante
 
Mensagens: 11
Registado: 15 mar 2008, 21:08
Localização: LISBOA

Re: Olá a todos

Mensagempor frolas » 30 mar 2008, 17:24

Olá Jorge, seja bem vindo.
Obrigado pelas suas palavras.
Já agora, o que lhe motivou tomar a iniciativa de frequentar um curso de LGP ? :)
frolas aka eduardo
Imagem
Avatar do Utilizador
frolas
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 339
Registado: 12 jun 2007, 20:21
Localização: Almada

Re: Olá a todos

Mensagempor Memorex » 31 mar 2008, 13:46

Jorge

Seja bem vindo a este fórum, apesar de estar um pouco parado, vamos agitar este espaço, sim?

Coloca ai o seu depoimento, como obteve conhecimento da Cultura Surda?

Abraços
Alicani
Deixo-me conduzir pelo som e ali somos um só, eu e o Sun Melody, senti a ser beijada, o meu corpo era como uma melodia esvoaçante! A soada acarinhava-me a mente, o cérebro e o espírito. Tudo é música.
Avatar do Utilizador
Memorex
Participante
Participante
 
Mensagens: 53
Registado: 11 mar 2008, 22:14
Localização: Margem Sul

Re: Olá a todos

Mensagempor -carpediem- » 31 mar 2008, 20:33

Bem vindo Jorge, podes sentir á vontade por aqui que o pessoal é porreiro! :wink:
Mafalda Freire
Avatar do Utilizador
-carpediem-
Participante
Participante
 
Mensagens: 26
Registado: 11 mar 2008, 12:04
Localização: Vale de Milhaços - Margem Sul

Re: Olá a todos

Mensagempor JORGE » 31 mar 2008, 20:49

Boa noitinha caro Eduardo , ainda bem que colocou este ultimo tópico dando-nos a conhecer o seu nome pois estava com alguma dificuldade em chamar-lhe FROLAS ,jà agora qual a razâo para se lembrar desse nome ?hehehe....
Bom , em relaçâo há questâo que me coloca o facto de pertencer a uma associaçâo de pais e tambem de fazer parte dos corpos sociais da federaçâo das associaçôes de pais de Lisboa e tambêm porque as necessidades educativas especiais na escola publica fazerem já parte das minhas preocupaçôes há muito tempo, foi de certa forma o motivo que me levou a uma reuniâo com o presidente da associaçâo de surdos em Lisboa para ter um conhecimento com maior detalhe sobre a educaçâo dos surdos e uma coisa levou a outra.Devo dizer que tinha conhecimento da existencia das unidades para surdos nas escolas publicas mas infelizmente nâo fazia ideia das ( ainda ) dificuldades que existem ,confesso que julgava que as coisa estavam num patamar diferente mas a realidade é realmente muito dura para o aluno surdo. Espero que com a nova lesgislaçâo e com a formaçâo que está a ser dada a professores surdos no futuro a situaçâo melhore, no entanto a minha experiencia diz-me que é melhor esperar para ver ao longo dos anos o que se verifica é as vezes boa lesgislaçâo e boas intençôes mas depois no terreno as coisas nâo acontecem como o previsto, bom vamos ter esperança....
E claro que estou a ter as dificuldades resultantes de ser ouvinte mas por outro lado estou fascinado e têm sido uns meses imensamente enriquecedores .
um abraço
j henriques
Avatar do Utilizador
JORGE
Participante
Participante
 
Mensagens: 11
Registado: 15 mar 2008, 21:08
Localização: LISBOA

Re: Olá a todos

Mensagempor JORGE » 04 abr 2008, 23:41

Olá boa noite a todos .Peço desculpa "MEMOREX" mas nâo tinha reparado que me tinha colocado uma pergunta.
O conhecimento que julgo ter acerca da cultura surda foi atravez de algumas pesquisas que tenho feito e tambem por conversas que tenho tido com surdos . Para mim a cultura surda é algo que é vivido pessoal e colectivamente mas sempre entre surdos ,pois só os seus pares podem reconhecer e vivenciar fazendo essa passagem de testemunhos por via da lingua gestual. A forma como o surdo olha para o mundo é diferente, têm uma maior sensibilidade ,pois o ouvinte desde cedo fica muito preso á oralidade nâo cultivando a imaginaçâo ( um gesto pode significar muitas palavras) essa capacidade é adquirida com naturalidade com a aprendizagem da lingua gestual .Julgo que um ouvinte que domine perfeitamente a lingua gestual poderá fazer parte de uma comunidade surda mas nunca podera fazer parte dessa cultura ..
A singularidade desta cultura tem como factor principal a falta de audiçâo e a forma de comunicaçâo( lingua gestual)que cria uma identidade própria embora diferenciada de comunidades para comunidades cultura essa que nâo é transmitida de pais para filhos ou vice versa (salvo se os pais ou os filhos sâo tambem surdos ou vice versa) mas sim entre os surdos.
Tenho lido algumas opiniôes bastante mais conservadoras ás quais tenho alguma dificuldade de compreender ,tais como pelo facto de um surdo pertender colocar implante já nâo é bem aceite na comunidade pois provocara uma duvida de identidade (se pertence á comunidade ouvinte ou surda) ,tema que gostaria de saber a sua opiniâo ok?
VOU TER QUE DESLIGAR ,VOLTO BREVEMENTE ABRAÇOS---J HENRIQUES
Avatar do Utilizador
JORGE
Participante
Participante
 
Mensagens: 11
Registado: 15 mar 2008, 21:08
Localização: LISBOA

Re: Olá a todos

Mensagempor Memorex » 09 abr 2008, 16:27

JORGE Escreveu: Tenho lido algumas opiniôes bastante mais conservadoras ás quais tenho alguma dificuldade de compreender ,tais como pelo facto de um surdo pertender colocar implante já nâo é bem aceite na comunidade pois provocara uma duvida de identidade (se pertence á comunidade ouvinte ou surda) ,tema que gostaria de saber a sua opiniâo ok?


Caro Jorge

Quanto á pergunta, esta questão não é direccionada a mim pois não pertenço inclusivamente á Comunidade Surda e interpelo a si - o que importa que os outros mesmo censurando uma pessoa deficiente auditiva e implantada em plena vivência? Qual é a relevância disto tudo? A felicidade, o bem-estar e as suas necessidades estão em primeiro lugar.
Devem contudo respeitar a condição, usar o Implante Coclear é o mesmo ter aparelhos auditivos, a diferença reside na potência e a possibilidade em descriminar sons ambientais e palavras sem usufruir a leitura labial dependendo dos casos.

Alicani
Deixo-me conduzir pelo som e ali somos um só, eu e o Sun Melody, senti a ser beijada, o meu corpo era como uma melodia esvoaçante! A soada acarinhava-me a mente, o cérebro e o espírito. Tudo é música.
Avatar do Utilizador
Memorex
Participante
Participante
 
Mensagens: 53
Registado: 11 mar 2008, 22:14
Localização: Margem Sul

Re: Olá a todos

Mensagempor sarICa » 10 abr 2008, 20:57

JORGE Escreveu: ... Tenho lido algumas opiniôes bastante mais conservadoras ás quais tenho alguma dificuldade de compreender ,tais como pelo facto de um surdo pertender colocar implante já nâo é bem aceite na comunidade pois provocara uma duvida de identidade (se pertence á comunidade ouvinte ou surda) ...
ABRAÇOS---J HENRIQUES


Olá!! (Eu já escrevi aqui um belo comentário... mas não sei o que se passou, perdi-o! E tenho que escrever novamente :-( Cá vou eu outra vez!)

Posso dar a minha opinião?
Primeiro que tudo, diz-se "implante coclear" (I.C.).

Eu também não compreendo essa tal questão!! :?
Dúvida de identidade??
Ontem ao deitar, depois de tirar o meu I.C. e o aprelho do outro ouvido, pensei para mim "...ainda sou surda!" e serei sempre até haver uma cura e se houver! Porque afinal das contas o I.C. é apenas mais um aparelho que substitui o aparelho auditivo normal, além disso é mais potente e mais interno. É mais uma ajuda!!

Não conheço muita gente da "comunidade surda" (e isto quero eu dizer, o mundo que as pessoas surdas criaram em todos os cantos em Portugal. Sei que há uns quantos em Lisboa). O que tu entendes por "comunidade surda"? Eu sou surda e sempre achei e senti que não pertencia nela... ou seja, não pode ser um conjunto de pessoas surdas, não é?
Para mim, quando falam em "comunidade surda" parece-me que estão a falar de pessoas de outro mundo :| Parece que essas pessoas estão fora do mundo "real" (ou seja, o mundo mais "conhecido"). Parece que têm medo de sair de um círculo já muito conhecido. Não querem ouvir, acham que não é preciso. Já têm os seus conhecidos, amigos, família e basta...
Estão simplesmente fechados. A mim parece!

Uma pessoa surda, por exemplo eu, se quer optar em fazer uma operação e ter um I.C., qual é o mal? Eu não vejo mal nenhum?!
Se queremos ter um emprego em condições, se queremos poder comunicar da forma como a maior parte do mundo comunica, se queremos conhecer pessoas novas e não estar com receio de não perceber nadinha o que está a ser dito, se queremos conhecer pessoas de todo os gostos, se queremos apreciar um dos sentidos que Deus nos deu - a audição - sem perder os outros sentidos que ficaram mais apurados, se queremos sentir mais confiantes, mais feliz, mais à vontade com o mundo, isto e tudo o resto... e decidimos optar por um I.C., que seja então essa escolha!
Eu aceito as escolhas dos outros, se querem ou não um I.C., agora só espero que aceitam também as minhas e dos outros. Não quer dizer que temos opiniões diferentes temos que viver para outro "país".

Eu acho a "comunidade surda" muito afastada ao tudo o resto. E fico triste por isso!
Lá no Canadá, onde vivi 8 anos, não era nada assim!! Muito melhor!
Agora, será "culpa" de quem? Talvez seja da forma como tudo começou... e depois nós, ao estarmos em Portugal não ajuda grande coisa :lol:

E para acabar, quero agradecer por ter nascido surda!! Por ter nascido assim, sou a pessoa que sou hoje! E gosto de ser assim!
Aprendi o que devia de ser aprendido ao ser surda, e vou aprendendo. Fui activada dia 8 Abril, e a vida me prepara outras experiências e aprendizagens.
Ao final do dia, já deitada na cama, fecho os olhos silenciosamente :)

Acabo por aqui... senão nunca mais me calava :santo:

Fica bem!! :adeus:

SarICa
sarICa
Participante
Participante
 
Mensagens: 5
Registado: 12 mar 2008, 22:24
Localização: Oeiras

Re: Olá a todos

Mensagempor -carpediem- » 11 abr 2008, 12:00

Concordo com a Sarica e com a Memorex.. eu uso aparelhos auditivos, estou a pensar em ser implantada, porque quero ouvir todos os sons do mundo, não quero pedir ás pessoas para repetirem o que estavam a dizer, não quero ouvir "esquece, não é nada de importância", isto torna-se cansativo e aborrecido..

No entanto, penso que nas escolas devia ter uma disciplina LGP para facilitar a comunicação entre as "duas comunidades" como vocês dizem..
Mafalda Freire
Avatar do Utilizador
-carpediem-
Participante
Participante
 
Mensagens: 26
Registado: 11 mar 2008, 12:04
Localização: Vale de Milhaços - Margem Sul

Re: Olá a todos

Mensagempor Sa2R » 11 abr 2008, 12:57

Pois a mim também me acontecem situações assim. Eu respeito a escolha de cada um quando à sua "forma de ouvir", quer seja por aparelhos auditivos, quer seja por implante coclear ou não usar qualquer aparelho como acontece com alguns surdos. Também queriam que eu usasse os implantes mas na altura era preferível não ser operado pelo facto de haver a mínima hipótese de recuperação dizia o médico naquela altura isto pra ai uns 10 anos atrás.Hoje em dia, pode haver maior sucesso de operação do que anos atrás. Já conheci um que foi submetido e infelizmente não correu bem :-( . Agora penso que para mim não compensa pois só tenho 45% isto pela tabela de incapacidade. (Talvez isto explicasse porque eu conseguia ouvir alguma coisa quando ia algum concerto :-o )

Eu, de facto nunca me senti parte de uma comunidade surda ou comunidade ouvinte como a maioria gosta de definir. Agora a comunidade surda dizer que não ao uso de implante coclear acho mal pois a própria comunidade só foca nas desvantagens e nos insucessos destes aparelhos :| . Já tinha pensado se agora fosse possível ser operado mas depois já não quero. Há sempre aquela incerteza que eu tenho. Admiro a coragem das pessoas que se submetem a implantes.
Já me contento com os meus aparelhos embora tenham falhas em determinadas situações. Ninguém é perfeito pois não?

Quando a haver uma disciplina de LGP para fomentar a comunicação entre ouvintes e surdos nas escolas acho completamente difícil talvez eu fosse um exemplo ou não pois quando fui fazer o 5º ano, a escola pedia sempre ao governo se podiam arranjar um professor de LGP para eu me adaptar melhor à escola e lá foi passando os anos, com muitas cartas e até fazer 9º, nunca houve resposta do próprio governo. Talvez pelo facto de só ser apenas eu não valer a pena. Talvez se fosse mais alunos surdos a frequentar, a situação fosse outra mas são apenas suposições.
Sa2R
Participante
Participante
 
Mensagens: 6
Registado: 09 abr 2008, 16:48

Re: Olá a todos

Mensagempor Memorex » 11 abr 2008, 22:42

JORGE Escreveu:Tenho lido algumas opiniôes bastante mais conservadoras ás quais tenho alguma dificuldade de compreender ,tais como pelo facto de um surdo pertender colocar implante já nâo é bem aceite na comunidade pois provocara uma duvida de identidade (se pertence á comunidade ouvinte ou surda) ,tema que gostaria de saber a sua opiniâo ok?


Respondido por José Pedro Amaral

Uma pessoa que é implantada não deixa de ser surda, pois que bastará tirar/desligar o processador de voz/fala para que volte a não poder ouvir; pelo que essa pergunta é, no mínimo, ingenuinamente infantil.

Para terminar pergunto:
- Se um gato nascer numa cavalariça passa a ser cavalo?!

ou:

- Se um branco se engraixar todo da cabeça aos pés deixa de ser branco para passar a ser preto, ou bastará tomar um banho e continuar branco?

Quem surdo nasce, surdo morre. Pode até vir a ser implantado, mas nunca deixará de ser surdo. E se conseguir ouvir alguma coisa com o IC, é um sortudo: mas lá ouvinte é que ele NÃO É!!!


José Pedro Amaral - surdocego bi-implantado.
Deixo-me conduzir pelo som e ali somos um só, eu e o Sun Melody, senti a ser beijada, o meu corpo era como uma melodia esvoaçante! A soada acarinhava-me a mente, o cérebro e o espírito. Tudo é música.
Avatar do Utilizador
Memorex
Participante
Participante
 
Mensagens: 53
Registado: 11 mar 2008, 22:14
Localização: Margem Sul

Re: Olá a todos

Mensagempor JORGE » 12 abr 2008, 19:46

Olá a todos , vou tentar responder a todos os que me colocaram perguntas mas queria desde já dizer-vos que em primeiro lugar estou muito satisfeito pela vossa participação e em segundo lugar as opiniôes que coloquei sâo o resultado de algumas pesquisas feitas por mim e pelos vistos com pontos de vista diferentes da vossos .
Queria tambem dizer-vos que o meu propósito de ter entrado neste forum é unica e simplesmente de poder interagir convosco e conhecer-vos melhor ,e embora já tenha entrado noutros sites nâo tenho tido retorno o que me tem deixado um pouco frustrado e como disse atraz estou bastante satisfeito pela vossa participaçâo neste forum e desde já vos agradeço. Uma outra razâo prende-se com o facto de nâo dominar ainda a lingua gestual e por isso a escrita é para mim o meio de comunicaçâo ideal neste momento .
Bom em relaçâo aos implantes cocleares ,a minha opiniâo é que se existe tecnologia disponivel e o futuro implantado tem fortes possibilidades de ter sucesso porque nâo? Melhor do que ninguem para poder descrever o beneficio sâo os próprios e devo dizer que a discriçâo que a ALICANI faz é no meu entender revelador do quanto poderá ser util e todos os que tiverem passado por essa experiencia deviam divulga-la pois só assim contribuirà para que outros possam decidir faze-lo ,portanto acho que a divulgaçâo é importante . No entanto colocava-vos uma questâo ; a decisâo deve ou nâo ser tomada pelo próprio? Imaginemos uma criança surda filha de pais ouvintes que desconhecem a lingua gestual e perante a situaçâo do filho ser surdo querem a todo custo que o filho seja ouvinte e procuram a resoluçâo do " problema " na medicina e na oralidade ,mesmo alguns (outros nâo) sabendo que existe uma lingua própria para que possa haver uma comunicaçâo entre pais e filhos persistem e tomam essa decisao .. Qual é a vossa opiniâo devem os pais nestas circunstancias optar pelo método oralista ou procurar ajuda para que possam estabelecer comunicaçâo com o filho?
Pelo que julgo saber e acho que neste momento é um dado adquirido que todo o surdo se tiver acesso á lingua gestual é possuidor de uma ferramenta que lhe darà miores condiçôes para entender e dominar a escrita e tambem a oralidade no entanto é necessaro e como espero com a nova legislaçâo ( e neste momento esta a ser dada formaçâo por parte do Ministério da Educaçâo) sejam colocados professores surdos que dominam a lingua gestual nas escolas até ao secundário para que de uma vez por todas as situaçôes tambem descritas por " Sa2R" nâo aconteçam nas nossas escolas que infelizmente sâo motivadoras de algum insucesso e de grandes angustias pordparte dos surdos.
Estou de acordo que um surdo nâo deixa de o ser pelo facto de ser implantado no entanto devo dizer que na minha humilde opiniâo é essencial que domine a lingua gestual e que haja informaçâo e nâo se crie guetos e tambem que é essencial uma mudança de comportamentos dos ouvintes para que as diferenças as injustiças as descriminaçôes sejam coisas do passado ...
JÁ VAI LONGO ESTE MEU COMENTÁRIO NÂO É SÓ A "SarICa" EU TAMBEM ME ESQUEÇO E DEPOIS METO A QUINTA E NÂO HÁ TRAVAGEM ....BOM TENHO MESMO QUE POR O PÉ NO TRAVÂO PARA IR ENCHER O DEPOSITO !!!!!!!!!!!!!
UM ABRAÇO
J HENRIQUES
Avatar do Utilizador
JORGE
Participante
Participante
 
Mensagens: 11
Registado: 15 mar 2008, 21:08
Localização: LISBOA

Re: Olá a todos

Mensagempor Memorex » 16 abr 2008, 09:21

Ora bem, é um tema muito delicado e requer consideração face á discussão contínua não só em Portugal, como em todos os países do mundo mas primeiro antes de tudo, irei falar por experiência própria o facto de os pais decidirem colocar Implante Coclear aos seus filhos deficientes auditivos.
Quando perdi a audição aos 18 meses de causa não determinada, os meus pais eram novos, ambos na idade dos 20, buscaram informações cá, portanto insuficientes para educar uma criança surda e então numa dessas pesquisas ouviram falar sobre a existência do Implante Coclear. Realizavam cirurgias nos EUA.

Determinados consultaram um médico ontorrino, este afirmou que não era ideal para o meu caso, devido ao facto continuar a ter perda progressiva de carácter permanente, e a tecnologia biônica estava ainda em fase de experimentação (há 20 anos). Todavia, os meus progenitores tinham consciência que mesmo usando o processador de fala e á noite era retirado, eu seria na mesma surda a conviver no Silêncio.

Segundo, o Oralismo é uma mais-valia nesta bendita sociedade, não preciso que ninguém fale por mim ou trate das minhas coisas pessoais, implica a perda de independência, defender os ideais é criar a plenitude, é conviver, é aprender e amar, é atirar a desafios penosos onde no fim tudo alcança. Tudo que vivi, uma vida em peras é graças ao Oralismo, só mais tardiamente por vontade própria resolvi aprender Língua Gestual Inglesa de modo ajudar um amigo inglês e surdo profundo que nada sabia Português. Balancei nestas duas línguas, depois disto não utilizei mais, é-me difícil gestualicar na Língua Gestual Portuguesa por ser incompatível na Língua Portuguesa.
Actualmente, não estou contra pais ouvintes que tomam rédeas e resolvem implantar a criança surda, mas antes disto temos de pensar clinicamente, todas as crianças são acompanhadas nos respectivos Hospitais, em especial no sector de Surdez.

Aquelas que não tiveram ou possuem um ganho adequado com as próteses auditivas durante 5 meses, onde o resíduo auditivo é NULO, passam automaticamente para o protocolo de Implantes Cocleares onde serão vocacionados múltiplos exames afim de a criança ser apta ou não. È claro a última decisão é dos Pais, um sim ou o não que poderá alterar a vida de um individuo pequenino.

Hoje as crianças surdas e implantadas tem um desenvolvimento cognitivo semelhante a uma criança ouvinte, vi de perto muitas delas de palmo e meio e olhe, resulta mesmo, pois ao ser colocado o Implante Coclear ela tem antes, reabilitação auditiva na qual usa os sons de forma adquirida produzindo a linguagem própria. Para acrescentar, no dia em que estive internada estava uma criança surda de 2 anos e meio, não falava rigorosamente nada, porém muito viva e comunicativa através de expressões corporais, quando as reencontrei novamente dois meses após a activação, eis que a pimpolha começa a falar apontando cada objecto por ela familiar… fiquei ali de queixo caído, não evitei a emoção.

Ela, e mais uns quantos não irão sofrer como nós (atenção refiro a geração “80”) as precariedades e esforços duplicados, estamos a fazer de tudo, para que essas crianças não tenham um destino marcado pela dor, descriminação e sofrimento.

Escrevo mais depois... que este vai longo.

Beijo

Alicani
Deixo-me conduzir pelo som e ali somos um só, eu e o Sun Melody, senti a ser beijada, o meu corpo era como uma melodia esvoaçante! A soada acarinhava-me a mente, o cérebro e o espírito. Tudo é música.
Avatar do Utilizador
Memorex
Participante
Participante
 
Mensagens: 53
Registado: 11 mar 2008, 22:14
Localização: Margem Sul

Re: Olá a todos

Mensagempor Sa2R » 16 abr 2008, 09:37

Disseste tudo aí a maior parte que a maioria dos pais passaram naquela altura. Também os meus pais estiveram na mesma situação mas o medico na altura disse que era preferível aprender a falar do que aprender Língua Gestual Portuguesa, esta podemos aprender mais tarde sem riscos para o desenvolvimento. Eu, durante a minha infância, nunca me senti surdo embora algumas situações me lembravam o facto. É claro que não estou contra os implantes, apenas que não existem muitas informações acerca destas tecnologias cá em Portugal. E também existem algumas faltas de apoio em determinadas zonas do país. Espero que com o avançar da tecnologia hajam melhores condições.

Um abraço,
Silvino
Sa2R
Participante
Participante
 
Mensagens: 6
Registado: 09 abr 2008, 16:48


Voltar para Apresentações

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron